Um texto qualquer

Gente, ultimamente tem acontecido tanta coisa em minha vida, que até ta querendo surgir inspiração para criar textos sabe. Então, depois de muito tempo vai sair um texto novo de minha autoria:




Com tantas pessoas no mundo, tive que escolher ela. Logo ela que era tão complexa e cheia de si. Ela que mal me olhava nos olhos, pois seu olhar era guiado por seus pensamentos perdidos no futuro incerto. Porém ela era única, era perfeita em cada detalhe. Sua maneira  de falar era encantadora, somente com um olhar despertava a atenção de todos. Fiquei perdido naquele sorriso. e seus cabelos, ah seus cabelos. Longos, ondulados, dourados, tão lindos quanto o brilho do sol. Eu havia me perdido em alguém que ja se perdera a muito tempo, e ainda assim me entreguei perdidamente. Sinto por não ter me jogado de cabeça, ter deixado de conquista-la foi um grande erro. Hoje sinto falta de um alguém quem nunca tive, um alguém que nunca foi meu e de ninguém. Um alguém que se perdeu ha muito tempo e não fui capaz de faze-la se achar. Eu a perdi por ser um alguém que não a merecia, nem simplesmente tentou a merecer. Me perdoe por não ter sido capaz. Me perdoa por ter deixado você partir sem ao menos faze-la entender o que se tornou para mim. Essa não é uma carta de amor, muito menos de despedida. É somente um relato de um alguém que se perdeu tentando achar quem o completasse, quem o amasse, quem o fizesse por mim o que quis fazer por ela.

Share this:

, , ,

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Gostei do post flor, texto bonito!
    Te indiquei pra responder uma tag, bjus!

    bomhumornaosaidemoda.blogspot.com

    ResponderExcluir