Nada pra fazer e modinhas

São agora 21:58 e não tenho nada de muito interessante para fazer então resolvi escrever um pouco pra abstrair. Não sei porque mais cada vez mais to empolgada para tocar violão, acho que é porque agora tem mais graça por eu tocar as musicas que gosto com mais facilidade. Estou ouvindo a mesma musica praticamente o dia todo, ela não tem nada haver comigo, não me lembra ninguém e nenhum momento legal, mas sei la eu gostei e to ouvindo direto. Não vou dizer qual é pra nao virar modinha. Pra quem não sabe modinha é alguma coisa que faz sucesso de repente, todo mundo ouvi, acha que sabe tudo sobre aquela coisa mas na verdade não passa de um seguidor de modinhas idiotas. Se a gente for parar pra analisar todos os fãs de bandas, filmes e blábláblá são os mesmo porque eles não tem estilo próprio para gostar de uma coisa só. Eu não gosto de modinha e acho ridículo quem segue. Eu posso ate não ter um estilo legal e tudo mais, mas pelo menos eu não fico seguindo a mente e o pensamento dos outros. Só um exemplo de modinha rodicula foi a moda de usar coisas coloridas e vibrantes. Por favor né, ate um palhaço passava despercebido perto de alguem com uma blusa verde-cana. Sinceramente acho que não tinha necessidade de uma pessoa usar um tipo de roupa dessa em plena luz do dia. Acho que quem mais sofria eram as pessoas que como eu usam oculos por ter astigmatismo por que tipo, quem tem esse problema sabe que luz forte ou cores que chamam muita a atenção deixa a gente no mínimo confuso. Pois é eu sofri muito porque disso, mas hoje vivo feliz por que finalmente as pessoas tomaram juízo e perceberam que esse tipo de roupa é extremamente ridículo e cega as pessoas.  Acho que vou ficar por aqui, não sei mais o que dizer.. Mas antes, só para falar mesmo eu to me sentindo vazia.. Não que eu seja cheia mais sei la é como se faltasse algo, se eu descobrir o que é eu conto depois taa.. Provavelmente não é mais o mesmo horário que comecei então é só isso mesmo.. ¬¬








Beijos e Fui...

Share this:

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário