Sobre relacionamentos abusivos

Agora são exatamente 19:46 de um domingo, dia 10 de Dezembro de 2017. Quero deixar registrado este momento em que refleti sobre a vida e achei engraçado como tudo acontece. Depois de assistir um video da JoutJout que falava sobre como arrumar o guarda-roupa (siim, sobre esse assunto mesmo), decide que precisava arrumar o meu. Joguei todas as roupas na cama, coloquei uma música no youtube e segui calmamente separando peça por peça, dobrando e decidindo quais ainda me fazem felizes e quais não. Havia 3 pilhas, uma bem dobradinha das roupas que iriam permanecer comigo. Outra das que iriam partir e um das que me deixavam tão feliz que decidi que ira pendurar nos cabides. Eis que no decorrer deste processo me deparo com uma situação nova, ao puxar uma camisa no meio da bagunça que ainda existe na minha cama, duas camisas me surgem juntas dobradas, camisas essas que me remetem a dois relacionamentos. Camisas que me trouxeram lembranças de dias bons os quais usei as mesmas. No mesmo instante sou arrebatada de um sentimento não mais de nostalgia, mas de tristeza. Nesse momento percebo que a música que agora toca é uma do Hozier, uma música que aborda relacionamentos abusivos. No mesmo instante me lembro de como esses relacionamentos se tornaram abusivos. De como no fim sai machucada e, ainda assim, fui taxada de errada, louca, ciumenta e possessiva. Loucura né? alguns vão dizer que é destino, coincidência ou coisas do tipo. Vamos dizer que foi assim porque tinha que ser.  Ao me tocar de tudo isso resolvi vir escrever aqui para deixar registrado o instante em que me perguntei o porque de ainda ter essas camisas em meu guarda-roupa, entendi agora o porque a JoutJout achou tão incrível aquela nova maneira de arrumar as coisas. Essas duas camisas eu já não usava a muito tempo, quase anos se bobear. Ainda estou parada com elas de frente para mim enquanto digito aqui me questionando porque não me livrei delas antes. Muitos podem pensar que guardei por ter sentimentos ou qualquer coisa do tipo.Só que percebo que não, elas estavam lá guardadas na tentativa de ainda deixar os momentos bons não me mostrassem que garotos legais também podem ser ruins, podem machucar e podem te fazer achar que só aquele tipo de "amor" serve pra ti. Hoje percebo que não, hoje me livro dessas camisas com a certeza de que muitas outras virão, e que essas novas me farão muito mais felizes porque não haverá necessidade de mante-las por muito tempo se me trouxerem incomodo ao usá-las.

Segue abaixo o video da JoutJout e a música do Hozier, não se permitam gurias a ficarem em um relacionamento abusivo, vocês podem e vão achar uma camisa muito melhor :D




Share this:

, , , , , ,

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Adorei o post e amei o blog já te sigo
    Ganhou uma seguidora fiel
    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2017/10/minha-playlist-de-musicas-cristas.html

    ResponderExcluir