Só para refletir

Olá queridos leitores que ainda não me abandonaram. Estive sumida mais uma vez sim e por motivos diversos, os últimos meses foram intensos demais, sofridos demais e com decepções demais para conseguir vir aqui passar algum conteúdo decente para vocês. Tudo o que veio acontecendo comigo nos últimos tempos me fez refletir muito a respeito de quem sou, onde estou neste vasto mundo e o que tenho feito para seguir minha vida da forma mais correta. Parei para pensar em porque as pessoas tem a necessidade de rotular alguém da forma que rotulam, pensei em porque ser diferente do padrão que a sociedade impõe pode ser motivo para ferir o sentimento de alguém. Me questionei durante dias no porque da vida tomar rumos tão difíceis de ser seguidos.
Depois de refletir muito não cheguei a conclusão nenhuma, porém na ultima terça-feira após uma aula comecei a notar determinadas coisas sobre mim que nunca antes havia notado detalhadamente. Vocês sabiam que existem 5 tipos de gerações (se não me engano são 5). No momento eu me encaixo em geração Y, porém percebo que minhas características não se encaixam e eu estaria mais para a geração X porém minha idade insistir em dizer o contrario. Percebo que diferente de muitos tenho um plano de vida todo traçado a anos, e a possibilidade de mudança nele me desestrutura (características da geração X e não da Y). Coisas como essa que antes passavam despercebida por mim e hoje compreendo porque certas atitudes me desagradam em certas pessoas.
Outro ponto interessante desta mesma aula foi o conceito de sociedade liquida, para quem não sabe vou trazer uma explicação bem pratica do que seria. 

 “A sociedade líquida, ao contrário do que ocorreu durante o século XX, não pensa a longo prazo, não consegue traduzir seus desejos em um projeto de longa duração e de trabalho duro e intenso para a humanidade. Os grandes projetos de novas sociedades se perderam e a força da sociedade não é mais voltada para o alcance de um objetivo.”




Resumindo, sociedade liquida nada mais é do que a sociedade atual, aquela que vive "intensamente" cada dia sem se preocupar com problemas futuros, onde relacionamentos vem e vão sem nenhuma importância. Onde a gente se doa ha algo e no momento seguinte já não mais importa. Como diriam, primeiramente eu e segundamente também. No momento em que entendi a qual geração independente de minha idade eu pertenço e ao compreender o que é uma sociedade liquida percebi porque nos últimos meses (se não anos) eu sofri decepções tão grandes de pessoas que nunca esperaria nada de ruim. Eu notei finalmente que, em uma sociedade liquida eu sou solida demais e isso nos dias atuais é raridade.

Share this:

, , , , ,

CONVERSATION

1 comentários:

  1. Very nice post. I like your blog. Would you like to follow each other? If yes let me know.
    http://andreanalens.blogspot.com/

    ResponderExcluir